UOL: Aumenta confiança mineira de receber jogos do Brasil em BH em 2014

Do UOL Esporte:

Retrospecto aumenta confiança mineira de receber jogos do Brasil em BH em 2014

Reprodução do UOL

A possibilidade de ter dois jogos da seleção brasileira na Copa de 2014 mexeu com as autoridades mineiras, que apostam suas fichas no retrospecto da participação canarinha no Mundial. O Governo do Estado divulgou dados estatísticos que mostram que o Brasil tem sido primeiro colocado em seus grupos desde 1978, na Argentina.

“Na Copa do Mundo, sendo o Brasil, como todos esperamos, o primeiro lugar no seu grupo de classificação na primeira fase, ele jogará duas vezes em Belo Horizonte, as oitavas de final e a semifinal”, comentou o governador mineiro Antônio Augusto Anastásia, que acompanhou em Zurique, na Suíça, nesta quinta-feira, o anúncio da Fifa sobre o calendário da Copa do Mundo, em 2014, e também da Copa das Confederações, em 2013.

Nas nove últimas edições da Copa do Mundo, o Brasil terminou em primeiro lugar em seu grupo na fase de classificação. Se isso se repetir em 2014, a seleção brasileira disputará as oitavas de final em 28 de junho, no Mineirão, e continuando na competição, poderá jogar a fase semifinal no estádio da Pampulha.

O Governo Mineiro revelou outro dado estatístico. Em 20 jogos, entre oficiais e amistosos, disputados pelo Brasil no Mineirão, foram 15 vitórias, três empates e apenas duas derrotas.

“O Brasil ficando em primeiro lugar na primeira fase do seu grupo, coisa que vem fazendo desde a década de 70, nós teremos dois jogos do Brasil no Mineirão, nas oitavas de final e seminal. Isso é muito expressivo”, salientou também o presidente do Comitê Executivo da Copa do Mundo, Tiago Lacerda, que também esteve na Suíça.

As autoridades mineiras destacaram também o número de jogos que serão realizados no Mineirão, somando Copa das Confederações e da Copa do Mundo. “Ficamos extremamente satisfeitos com o anúncio de que Belo Horizonte receberá, nas duas Copas, nove jogos. Seremos, depois do Rio de Janeiro, a cidade que terá o número maior de jogos”, salientou Anastasia.

“Portanto, a cidade foi extremamente prestigiada com nove partidas internacionais e possivelmente dois jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo e certamente também na Copa das Confederações, onde já teremos garantido pelo menos uma semifinal, além de outros dois jogos de relevância”, complementou o governador, que concedeu entrevista, via internet, a jornalistas presentes na sede da Prefeitura de Belo Horizonte.

Tiago Lacerda, que também conversou com os repórteres, comentou a possibilidade do número de partidas na Copa das Confederações ser ainda maior. “Teremos no mínimo três jogos, dois jogos na fase de grupos e um jogo na semifinal. Como Recife e Salvador ainda não estão confirmadas na Copa das Confederações, caso uma da duas ou até as duas não se confirmem, mais jogos serão distribuídos para as outras quatro sedes”, observou.

20/10/2011

Anúncios

Secopa: Mineirão terá 6 jogos da Copa 2014 e 3 da Copa das Confederações

Da Secopa:

Governador Anastasia acompanha anúncio do calendário das Copas em Zurique

Belo Horizonte sediará seis jogos da Copa do Mundo de 2014 e três partidas da Copa das Confederações, em 2013

Projeção de como ficará o Mineirão - crédito: BCMF Arquitetos

O governador Antonio Anastasia acompanhou em Zurique (Suíça), na sede da Fifa, nesta quinta-feira (20/10), o anúncio dos calendários dos jogos da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações, em 2013. Belo Horizonte receberá, no Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão), nove partidas das duas competições. Em entrevista após o anúncio da Fifa, Anastasia comemorou o fato de Belo Horizonte ser a cidade-sede onde acontecerá o maior número de jogos, depois do Rio de Janeiro.

“Ficamos extremamente satisfeitos com o anúncio de que Belo Horizonte receberá, nas duas Copas, nove jogos. Seremos, depois do Rio de Janeiro, a cidade que terá o número maior de jogos. E mais importante, na Copa do Mundo, sendo o Brasil, como todos esperamos, o primeiro lugar no seu grupo de classificação na primeira fase, ele jogará duas vezes em Belo Horizonte, as oitavas de final e a semifinal. Portanto, a cidade foi extremamente prestigiada com nove partidas internacionais e possivelmente dois jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo e certamente também na Copa das Confederações, onde já teremos garantido pelo menos uma semifinal, além de outros dois jogos de relevância”, afirmou Anastasia.

Continuar lendo

BH será a cidade com o maior número de jogos depois do Rio, destaca Anastasia

Projeção de como ficará o Mineirão - crédito: BCMF Arquitetos

A seguir, a transcrição da fala do governador Antonio Anastasia, em Zurique, onde participou do anúncio das cidades que receberão os jogos, feito hoje pela Fifa e pelo Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014.

“Ficamos extremamente satisfeitos com o anúncio de que Belo Horizonte receberá nas duas Copas, Copa do Mundo e Copa das Confederações, nove jogos. Seremos, depois do Rio de Janeiro, a cidade que terá o número maior de jogos. E mais importante, na Copa do Mundo, em 2014, sendo o Brasil, como todos esperamos, o primeiro lugar no seu grupo de classificação na primeira fase, ele jogará duas vezes em Belo Horizonte, as oitavas de final e a semi-final, partindo aí, certamente, para a conquista do título no Maracanã. Portanto, a cidade foi extremamente prestigiada com nove partidas internacionais e possivelmente dois jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo e certamente também na Copa das Confederações, onde já teremos garantido pelo menos uma semi-final, além de outros dois jogos de relevância. Os contatos na Fifa foram igualmente muito positivos e tenho certeza que Belo Horizonte, Minas Gerais como um todo, segue de maneira muito firme e responsável para termos a melhor sede da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.”

Portal Terra: BH se oferece como “plano B” para abertura da Copa 2014

Do Portal Terra:

Belo Horizonte se oferece como “plano B” para abertura da Copa

Ney Rubens

Reprodução do Portal Terra

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), e o secretário extraordinário do governo de Minas Gerais para a Copa 2014, Sérgio Barroso, disseram nesta quinta-feira que a capital mineira está pronta para ser uma segunda opção para a Fifa caso a cidade de São Paulo tenha qualquer problema que impeça o término do estádio em Itaquera, local escolhido para abrir o Mundial.

“Torcemos para que eles não tenham, mas se tiverem, estamos prontos”, disse Lacerda. De Zurique, na Suíça, o secretário Sérgio Barroso afirmou que Belo Horizonte será uma “carta na manga” para a Fifa.”Estamos prontos para atender à demanda caso haja problemas”, afirmou.

Apesar de Belo Horizonte não ter sido escolhida como sede da abertura do Mundial, e também não ter sido apontada como o local da final da Copa das Confederações, em 2013, os políticos mineiros afirmaram estarem satisfeitos com o número de jogos que a capital mineira receberá nas duas competições, nove. Seis na Copa de 2014 e três na Copa das Confederações.

Continuar lendo

Luiz Carlos Bernardes: O Mineirão tem tudo para abrir a Copa de 2014

Jornalista e advogado, Luiz Carlos Bernardes é um apaixonado por notícias e por futebol. Trabalhou na Folha de S.Paulo, Isto é TV Bandeirantes e rádio Band News, entre outros veículos de comunicação. Já jogou no gramado do Gigante da Pampulha e viveu grandes emoções nas arquibancadas. Na expectativa da realização da Copa de 2014 no Brasil, ele quer o jogo de abertura no Mineirão.

Portal da Copa: Feira faz promoção do turismo para a Copa de 2014

Do Portal da Copa:

Feira de turismo aborda promoção do setor voltada para a Copa de 2014

Evento promovido pelas Agências de Viagem associadas à ABAV terá estandes de governos estaduais e do Ministério do Turismo. Exposição tem início nesta quarta-feira e vai até 21 de outubro, no Rio de Janeiro

Reprodução do Portal da Copa

A 39ª edição da Feira das Américas – ABAV 2011 – começa nesta quarta-feira (19.10) no Rio de Janeiro, com estandes de vários estados, como Minas Gerais, Ceará e Bahia, por exemplo, voltados para a promoção do turismo na Copa do Mundo de 2014. O evento irá até sexta-feira (21.10) e apresenta produtos, serviços e destinos de vários expositores de todas as partes do mundo. O Ministério do Turismo contará com espaço exclusivo para atendimento aos profissionais do setor e para a distribuição de materiais sobre os projetos da pasta.

A Bahia terá um estande temático, reproduzindo um dos pontos turísticos de Salvador: o Elevador Lacerda. Alguns dos produtos expostos vão remeter ao verão, praias, carnaval e réveillons baianos, voltados para diversos segmentos, como religioso, ecoturismo, étnico e LGBT. Uma revista com 26 roteiros, sendo seis inéditos, será distribuída durante a feira. “Queremos mostrar as potencialidades turísticas do estado com o tema ‘A Bahia é muito mais’, agregando sempre a diversidade cultural com atrativos naturais, infraestrutura e qualificação profissional”, destaca o diretor de Relações Nacionais da Bahiatursa, Fernando Ferrero.

O estande de Minas Gerais vai homenagear o estádio do Mineirão e apresentará alguns dos roteiros que serão trabalhados no Mundial: Serra do Cipó, Parque Estadual do Itacolomi, Cidades Históricas (Ouro Preto, Mariana, Congonhas, Tiradentes, São João del-Rei), Rota das Grutas de Lund, Circuito Cultural Praça da Liberdade e Brumadinho. A escolha desses destinos baseia-se nos seguimentos de natureza, aventura, ecoturismo e cultura. “Estamos em busca também do mercado interno. Vamos motivar o brasileiro a visitar Minas Gerais durante a Copa do Mundo, aproveitar os nossos atrativos e desfrutar da hospitalidade de nosso povo”, ressalta o secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho.

A Secretaria de Turismo do Ceará vai mostrar elementos da cultura, da gastronomia, da estrutura hoteleira, além de diversos roteiros turísticos do estado. O “Acquario Ceará” será divulgado através de uma projeção interativa, onde os visitantes poderão acessá-lo a partir de um túnel ambientado de forma a apresentar aos visitantes uma visita ao fundo do mar. O estande terá totens para que os visitantes possam tirar fotos com temas locais e recebê-las impressas na hora, ou, por e-mail, além da distribuição de brindes.

A Feira das Américas terá a participação de 40 países com 800 expositores, numa área de 35 mil m². Todos os países da América do Sul e os destinos mais tradicionais da América do Norte e Europa estarão representados. A estimativa é atingir 24 mil profissionais de turismo.

19/10/2011